Curta Nossa Página do Facebook!


  • 8

    Feios têm mais chances de ser condenados no tribunal

    Sr. Trollface 19 junho 2010 ,

    Condenado por feiúra em terceiro grau

    Condenado por feiúra em terceiro grau

    Um tribunal é o último lugar onde você espera ser julgado pela aparência, né? Mas eis que, assim como o amor é cego, a justiça às vezes também pode ser. Um estudo da Universidade de Cornell, em Nova Iorque (EUA), mostrou que réus pouco atraentes (desligando o filtro politicamente correto: leia-se feios) têm 22% mais probabilidade de serem condenados do que réus bonitões. E ainda recebem sentenças mais duras: em média, 22 meses a mais na prisão.

    O estudo analisou as reações de 169 estudantes de psicologia (jurados em potencial e instruídos a agir como tal) a casos reais, completos com perfil e foto dos acusados. Quando as evidências contra o réu eram fortes, a aparência não teve influência significativa. Mas quando havia ambiguidades e “buracos” nos casos, os réus de rostinho bonito tinham mais chance de serem absolvidos de cara pelos jurados. Veja mais sobre a pesquisa aqui.

    "Achei que a justiça era cega!!"

    visite:

    Ah Negão! 

    8 comentários:

    Ralf e Pri disse...

    eu eu que aachava que a justiça era cega, justamente para ser justa...
    acho q foi pensando nisso que passaram a dizer q ela é cega ne?

    Gabriel Nelson Koller disse...

    Cara vc tem um ótimo blog, tanto que eu quero fazer parceria com vc! eu já coloquei o seu bannner no meu blog! agora por favor fassa a sua parte! o meu banner está la no blog! www.blogdonelso.blogspot.com

    Suelen Barcelos disse...

    HAHAHA, que sacanagem .-.

    eu que achei que a justiça era cega +1

    Orlando Camargo disse...

    Interessante a notícia. Pena que seja uma triste constatação. Definitivamente a justiça só é cega mesmo por não poder enxergar os erros que comete e as atrocidades que acontecem por aí.

    Nina disse...

    KKKKKKKKK

    eu que achei que a justiça era cega + 2

    Anônimo disse...

    aff, estatística é que nem bikini, esconde tudo menos o principal.
    Notem, que eles não mencionam na matéria, dos casos estudados, quantos eram "bonitos" e quantos eram "feios". Ou seja, pegam os casos misturados. Acontece que, pessoas pobres, geralmente têm mais chances de caírem no crime do pessoas ricas, e essas mesmas pessoas pobres, geralmente também, são menos cuidadosas com a aparência do que as ricas. Assim, provavelmente no material de estudo, haviam 80% de "feios" e 20% de "bonitos". Lógico que os feios seriam mais condenados, pq estavam em maior número. Com certeza um tipo de estudo que visa criticar alguma coisa no sistema jurídico americano.
    Aprendam isso, nunca confiem em uma estatística se vc não tiver pleno conhecimento do assunto. Prova disso, é que o Governo do Brasil sempre apresenta seu trabalho em forma de estatística.

    Vlw

    Victor disse...

    eu tow fudido entao

    paNdre disse...

    pertinente o comentário do anônimo. lembra a correlação de estatísticas feita no livro Freakonomics, que por sinal recomendo a todos.

    Postar um comentário

    :a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p